TERÇA-FEIRA, 29 DE SETEMBRO DE 2020

Confira Quais São As Dicas Poderosas Para As Finanças Pessoais

Atualmente estamos vivendo um período onde muito se fala sobre as finanças pessoais. Contudo, grande parte das pessoas ainda não sabem do que se trata esse assunto. De modo geral, as finanças pessoais é o termo usado quando falamos da relação financeira de uma pessoa física. Porém, os mesmos conceitos financeiros usados em uma empresa, pode ser aplicado nas finanças pessoais. Por exemplo, fluxo de caixa, orçamento, planejamento, dentre outros pontos, fazem parte das finanças pessoais. No entanto, como já mencionamos, pouco se sabe sobre o assunto, por isso é essencial conhecer alguns segredos sobre as finanças pessoais. Sendo assim, separamos nesse artigo diversas informações para que confira quais são as dicas poderosas para as finanças pessoais.

 

Qual a importância de conhecer sobre as finanças pessoais?

Basicamente, ter conhecimento sobre finanças pessoais é tão importante e simples como saber usar seu aparelho de celular. Afinal, o dinheiro faz parte de nosso cotidiano, e sem ele uma pessoa fica praticamente sem acesso a quase tudo. Além disso, as pessoas que não conhecem sobre as finanças pessoais acabam se tornando reféns do sistema desenvolvido para manter sempre pessoas com incapacidade de investir e endividadas. Ou seja, é um sistema desenvolvido para que as pessoas sejam mantidas sempre pobres.

Publicidade

É importante deixar claro, que pelo fato de uma pessoa morar em uma casa grande em bairro nobre, ter um caro com preço alto e ter hábitos de uma vida luxuosa, são pessoas que sabem sobre finanças pessoais. Além disso, é importante ter em mente que grande parte das vezes essas pessoas podem nem ser ricas. Isso porque, a grande verdade é que esses fatos podem mostrar alguns indícios de endividamento. Assim, fica evidente que pode ser uma pessoa que não possui controle nem conhecimento sobre as suas finanças pessoais.

Vale lembrar, que existem pessoas com esse perfil, que são superendividadas, e sustentar apenas uma imagem. Então, caso analisassem suas finanças pessoais, poderiam perceber que seu padrão de vida está além do orçamento real. Sendo assim, ter conhecimento sobre as finanças pessoais permite que uma pessoa tenha um círculo virtuoso, mantendo sempre cuidado com orçamento. Também desenvolve conhecimento financeiro, fazendo com que aprenda a investir e possivelmente enriqueça financeiramente.

 

Qual os primeiros passos para ter controle sobre as finanças pessoais?

Busque gastar menos do que ganha

Como já mencionamos, as finanças pessoais envolvem muito sobre autoconhecimento e orçamento. Por isso, para iniciar seu processo de controle financeiro é importante que busque gastar menos do que ganha todos os meses. Mas sabemos que isso é meio óbvio, mas é essencial que se conheça financeiramente nesse inicio de processo de organização. Além disso, existem muitas pessoas que nem olham o extrato de suas contas bancárias e não possuem conhecimento sobre suas finanças pessoais.

Dessa forma, começar pelo básico é fundamental e o mais importante. Nossa orientação é que inicie esse processo desenvolvendo o habito de olhar seus extratos com mais frequência. Assim, é possível saber exatamente quanto que está entrando e quanto está saindo. Feito isso é hora de começar a gastar menos do que se ganha mensalmente.

Vale lembrar, que existem pessoas com tanto desconhecimento sobre suas finanças pessoais, que acredita que gastam menos, mas na verdade gastam bem mais do que ganha. Por exemplo, com uso excessivo de cartões de crédito, parcelamentos com juros escondidos, fazendo com que desenvolva um certo desiquilíbrio sobre suas próprias finanças. Também é importante destacar que esse poder de compra faz com que muitas vezes entre em endividamento. Isso porque o acumulo de juros e parcelas, junto ao desconhecimento por finanças pessoais, pode gerar esse resultado.

 

Busque monitorar todos seus gastos

Para ter um controle ainda maior sobre suas finanças, é totalmente essencial que saiba monitorar seus gastos. Afinal, como mencionamos acima, é necessário gastar menos do que se ganha, e isso só é possível realizando a monitoração de tudo que se gasta mensalmente. Por isso busque anotar tudo, suas despesas fixas, gastos supérfluos gastos variáveis dentre outros para controlar para onde seu dinheiro está sendo destinado.

Uma boa alternativa, é usar os aplicativos, planilhas ou até mesmo um caderno para que consiga maior controle sobre os gastos. Dessa forma, será possível identificar alguns possíveis gastos desnecessários e pode reduzir os gastos de forma significante. Após conseguir cortar os gastos desnecessários já vai poder sentir alguns efeitos do controle financeiro em sua vida.

Por fim, devemos ressaltar que não existe nenhum tipo de gasto que não pode ser revisto, para que tenha corte de gastos. Sendo assim, não se limite, corte tudo que achar necessário, e tenha um controle financeiro ainda maior.

Dicas poderosas para as finanças pessoais

 

1°-Regra dos 50,20 e 30

Basicamente essa regra consiste em aplicar uma determinada métrica sobre suas finanças pessoais, que envolve bastante objetivo e meta. Ou seja, nessa regra você deve dividir todo seu orçamento em três percentuais. Isso é, vai existir apenas três limites para todos os seus gastos. De modo geral, 50% do seu orçamento vai se destinado para os gastos essenciais, 20% para todas suas prioridades financeiras e 30% para seu estilo de vida. Desse modo, todo seu orçamento vai ter um determinado limite, independente do tipo de gasto que possui.

Publicidade

Por exemplo, 50% do seu orçamento vai ser destinado apenas para contas de consumo, educação, moradia e assim por diante. Depois, 20% para suas prioridades financeiras, ou seja, para pagamento de todos seus compromissos mensais. Porém, caso não tenha dividas nem compromissos semelhantes essa porcentagem deve ser destinada para uma poupança e para construção de seu patrimônio.

Por fim, 30% vai ser destinado para Hobbies, passeios e tudo que te motiva a ter um padrão de vida. Vale lembrar, que essa opção de entretenimento é essencial para vida de todos, pois sem ela a vida fica sem graça e desmotivada. Entretanto é importante ter cuidado para não exagerar com muitos gastos supérfluos e acabar comprometendo seu orçamento.

2°- Planejamento financeiro pessoal

Grande parte das pessoas acredita que o planejamento financeiro pessoal é algo muito complicado. Contudo, a verdade é que esse processo é bastante simples e não exige grandes segredos. Basicamente, para realizar um planejamento é necessário apenas definir algumas metas e prazos. De modo geral, é determinar o que que, quando quer e por fim onde deseja chegar.

3°- Faça uma planilha com todos os gastos mensais

As finanças pessoais é sempre algo que vai envolver controle e organização. Por isso é indispensável que faça uma planilha contendo todos seus gastos mensais. Além disso, hoje em dia é possível encontrar planilhas prontas para que comece a detalhar seus gastos o mais rápido possível.

 

4°- Aprenda a lidar com a contabilidade de ricos

Podemos afirmar que os ricos não estão ricos atoa. Isso porque o que diferencia os ricos das demais pessoas é sua total dedicação para as finanças pessoais. Além disso, conhecimento sempre vai significar poder, por isso esse conhecimento de finanças pode também representar dinheiro. Vale lembrar que grande parte das pessoas que não conseguem se tornar ricos é pelo fato de não saber lidar com a contabilidade.

Ou seja, entender os fundamentos essenciais contábeis, é importante para conseguir contratar um contador, fazendo com que não perda dinheiro. Contudo, não estamos falando de nada que seja ilegal, é que as pessoas ricas sabem sobre contabilidade, e evitam pagar tributos e impostos que são desnecessários. Sendo assim o dinheiro que tem em suas mãos apenas cresce até que forme um grande patrimônio.

5°- Use a tecnologia a seu favor

Hoje em dia, é bastante fácil ter acesso a diversos aplicativos, sites e até mesmo cursos para que saiba tudo sobre finanças pessoais. Por isso não perca tempo e use a tecnologia a seu favor. Sendo assim, use apps que te ajudem no controle financeiro, sites e cursos com informações que te ajudem a cada vez mais ter suas finanças pessoais sempre bem desenvolvidas.

6°- Busque poupar dinheiro para investir ainda que não ganhe muito

Ainda que não ganhe muito, não significa que não consiga poupar um pouco do seu dinheiro. Além disso, como já mencionamos, a regra do 50,20 e 30 pode ajudar bastante a guardar dinheiro, independente da sua receita. Um dos maiores segredos das finanças, é adaptar sua vida a seus ganhos, ainda que seja alto ou baixo.

Desse modo, nossa orientação, é que busque formar uma reserva para investir. Contudo, é importante que estude e analise o mercado de investimentos para realizar o melhor investimento. Entretanto, caso não tenha nenhum conhecimento sobre os investimentos, orientamos que aplique sua reserva em uma poupança para que renda. Mas que não se limite apenas a isso, que busque evoluir para ter investimentos cada vez melhores.

 

7°- Aprenda a economizar seu dinheiro

Uma das partes mais importantes das finanças pessoais é a economia de dinheiro. Então, é fundamental que corte os desperdícios para gerar economia no seu orçamento. Afinal sabendo controlar seus gatos, vai ser bem mais fácil identificar os gastos que estão sendo realizados para algo que não é usado. Sendo assim, nossa dica é que aprenda a economizar seu dinheiro em todos os tipos de gastos. Por exemplo, a TV por assinatura que não usa, serviços que são contratados mais não possui funcionalidade em sua vida e assim por diante.

8°- Busque não perder dinheiro com a poupança

Nesse tópico vamos falar sobre o dinheiro na poupança. Isso porque por mais que ele obtenha alguma taxa de rentabilidade, é considerado um investimento ruim e deve ser aplicado em outros tipos de investimentos. Além disso, existem outros tipos de modalidades de investimento que são tão seguros como as poupanças e pode render bem mais. Então considere a ideia de investir ao invés de deixar seu dinheiro parado.

9°- Saia dos bancos para investi melhor seu dinheiro

Certamente, já deve ter ouvido falar que banco não é lugar para investir seu dinheiro. Dessa maneira, é muito importante que ao organizar suas finanças pessoais, comece a escolher parceiros que podem te oferecer mais oportunidades com taxas bem menores.

 

10°- Depois de aprender, ensine sobre finanças pessoais para sua família

Após aprender todas as informações sobre finanças pessoais, é importante que toda sua família também tenha esse conhecimento. Por isso, após saber de adquirir todos os conhecimentos sobre finanças pessoais, busque passar todos conhecimentos para suas famílias, assim todos podem aprender a lidar com as próprias finanças. Principalmente os filhos, que já podem crescer sabendo lidar com suas finanças pessoais.

11°-Aposente seu cartão de crédito

Primeiramente, todos os cartões de crédito não devem ser considerados como inimigos. Contudo, seu uso desenfreado pode acabar prejudicando todo processo de planejamento da sua vida financeira. Sendo assim, nossa dica é que aposente eles até que sua vida financeira fique completamente organizada. Isso porque seu uso pode gerar endividamento facilmente e as taxas de juros de cartões de crédito são considerados os maiores de todo Brasil. Então, aposentar os cartões é a melhor opção para suas finanças pessoais.

12°- Não escute o gerente do seu banco

Grande parte das pessoas acabem caindo nos conselhos dos gerentes de banco. Entretanto, o gerente do banco está ali apenas pelos interesses da instituição financeira. Por isso, eles nunca vão te aconselhar visando o seu bem financeiro, mas sim o do banco em questão. Dessa maneira é melhor que não escute os conselhos financeiros desses profissionais.

 

13°- Busque ter uma corretora de valores como aliada das suas finanças

As corretoras são as melhores opções para as pessoas que desejam investir. Então é muito importante que enxergue as corretoras como parceira de suas finanças. Assim, sempre que precisar de suporte em suas finanças e investimentos as corretoras podem te oferecer suporte.

Considerações finais

Em conclusão, para organizar as suas finanças pessoais, é muito importante que tenha disciplina e objetivo. Então não deixe de seguir nossas dicas e orientações para organizar suas finanças pessoais.

Veja também:

Quais São Os Fundos Imobiliários Mais Baratos Para Investir Em 2020

Publicado em: 27 de abril de 2020

Relacionados

Deixe seu comentário

© Copyright UalBr 2020. Todos os direitos reservados.

Este Blog Utiliza o cookies para garantir que você tenha uma otima experiência. OK | Mais informações