TERÇA-FEIRA, 29 DE SETEMBRO DE 2020

Descubra O Motivo De Não Conseguirmos Curar A Artrite

Publicidade

Quando começamos falar sobre a artrite, acabamos sempre associando essa doença apenas aos idosos. Porém a verdade é que a artrite tem aumentado muito entre os jovens. Sendo assim é um equívoco muito grande associar a artrite a mais uma das limitações da velhice. Mas as dores nas costas, joelhos e cotovelos são comuns em muito além de apenas pessoas com idade avançada. Descubra neste artigo o real motivo de não conseguirmos curar a artrite.

Artrite

Basicamente é uma doença que possui a capacidade de inflamar e causar dores em todas as articulações do corpo humano. Então, ela está presente em mais de noventa milhões de pessoas em toda parte do mundo, que sofrem e muito com essa doença. São muitos os sintomas, sendo um dos mais comum a rigidez e a grande dor nas articulações. Contudo também existem alguns outros sintomas como vermelhidão da pele, inchaço, sensação constante de calor, inchaço, diminuindo a amplitude de todos os movimentos que afetam as articulações.

Atualmente existem mais de cem diferentes e distintos tipos de artrite, sendo cada um deles com várias causas. São muitos os sintomas, que geram desgaste nas articulações, doenças subjacentes e infecções. Contudo a origem e a gravidades de cada um desses sintomas podem variar de forma muito grande, e uma alta amplitude. Dessa forma, os medicamentos, tratamentos fisioterapia e até mesmo cirurgia podem ajudar a reduzir os sintomas nas pessoas com essa doença. Mas mesmo que exista diversos tipos de tratamentos não existem nenhum tipo de cura para essa doença.

Tipos de Artrite

Um dos tipos mais comum, é a Osteoartrite, que é uma das mais difíceis de se prevenir. Afinal, muitas vezes esse tipo de artrite pode ser gerado devido a uma origem do passado de uma pessoa. Ou seja, gerado de uma lesão articular, que na época pode ter sido considerada como uma lesão comum. Isso porque após um impacto, as células imunológicas tem ação de correr e ajudar a limpar e reparar o local que sofreu a danificação. Sendo assim começam a produzir enzimas, inclusive as metaloproteinases e agracanases.

Publicidade

Então essas enzimas possuem ação de limpeza do tecido que está com danificação e contribuem ainda mais para a inflamação das articulações. Entretanto, o inchaço com rapidez, ajude a proteger a articulação no processo de recuperação, onde o tecido curado de forma errada. Sendo assim as células imunológicas fiquem em quantidades além das necessárias para esse processo. Dessa maneira o grande fluxo grande e continuo de enzimas começa fazer com que a cartilagem seja degradada. Ou seja, as articulações ficam enfraquecidas gerando depois de algum tempo a artrite.

Qual a Causa ?

Ainda assim nem todas os tipos de artrite podem ser atribuídos pode causa de uma lesão ocasionada no passado. Isso porque existe o tipo de artrite reumatoide que afeta mais de um milhão de adultos por ano. Além disso é uma das doenças que mais auto diminui os anticorpos do corpo humano. Assim sendo são as proteínas que são produzidas de forma natural, muitas delas são secretadas por uma célula da cartilagem no organismo.

Mas ainda não se sabe qual é a causa certa desse comportamento, contudo o resultado é que o corpo humano trata as articulações como uma espécie de vírus invasor. Conforme as células do sistema imunológico se infiltram sobre as articulações, acabam danificando o tecido ao invés de reparar a inflamação. Assim essa ação acaba gerando uma grande inflamação crônica, que faz com que ossos e cartilagens sejam destruídos.

Outro tipo da doença

Existe também um outro tipo dessa doença, a espondiloartrite, que possui semelhanças com os demais tipos de doenças citados acima. Então nesses casos os pacientes possuem a mesma relatado de inflamação de forma continua sobre as articulações. Assim até nos locais onde existem ligações e tendões que são ligados junto aos ossos, ainda que não exista nenhum tipo de lesão realizada anteriormente.

Enfim essa ação faz com que seja gerado um fluxo de enzimas e a degradação que pode ser observada nesse tipo de doença, mas que tem como causa por proteínas distintas. Dessa maneira é ocasionado o surgimento de inflamações denominadas como citocinas. Conquanto a medida em que essas enzimas corroem toda a cartilagem o corpo gera uma reação de tentativa de estabilizar as articulações mais pequenas, fundindo com elas. Mas todo esse processo pode gerar algumas protuberâncias, que são os bicos de papagaio que podem causar muita rigidez, e dor nas articulações com muita intensidade.

Porque não existe cura para artrite?

Devido à grande existência de diversos fatores que podem causar a artrite, os atuais tratamentos são específicos apenas para tratar alguns sintomas específicos em causas subjacentes. Assim os tratamentos podem variar, onde se usa células de pequenas partes da cartilagem para criação de tecidos de reposição. Dessa forma, essa técnica realizada é chamada de microfratura, onde os cirurgiões criam pequenos tipos de orifícios nas camadas dos ossos. Ou seja, eles criam algumas permissões para que as células tronco podem formar uma nova cartilagem por meio da medula óssea. Contudo essa ação é apenas em ultimo recurso, onde as pessoas podem conseguir praticamente substituição completa de todas as articulações que anteriormente estavam com inflamações.

Medidas Para aliviar os Sintomas

Porém, além dessas medidas que são tomadas apenas em casos muito drásticos da doença. Os diversos fatores subjacentes da artrite acabam se tornando autoimune. Dessa forma acabam sendo um grande desafio encontrar um tratamento ou cura para todos de forma única. Isso porque muitos cientistas ainda estão realizando pesquisas com a doença. Onde já conseguiram progresso com algumas terapias que podem bloquear a TNF-alfa. Ou seja, capaz de impedir uma das principais proteínas que causam essa inflamação na artrite reumatoide, o que já é um bom avanço. No entanto esse tipo de abordagem ainda trata apenas os sintomas dessa doença. Mas não são capazes de prevenir a causa e origem dela.

Publicidade

Conquanto as pesquisas para as curas e tratamentos dessas doenças ainda estão em andamento. Mas até o atual instante não existe nenhum tipo de cura especifica capaz de aniquilar a artrite. No entanto, a melhor forma de se defender contra a doença ainda é praticar alguns exercícios de baixo impacto. Isso é, como ioga, ciclismo ou qualquer outro tipo de atividade saudável para que a pressão das articulações serem aliadas. Uma boa alternativa também é evitar fumar.

Conclusão

Infelizmente a artrite ainda não possui uma cura determinada, por ser uma doença capaz de criar imunologia a muitos medicamentos. Por isso a melhor forma ainda é evitar a doença desde de jovens. Contudo a cada dia que passa a ciência e a medicina estão de especificando sobre o assunto. O que faz com que possamos esperar ainda por uma cura total da doença em todos os tipos e fases da artrite.

Veja também:

Confira Algumas Dicas Para Você Que Deseja Viajar Sozinho

Publicado em: 16 de dezembro de 2019

Relacionados

Deixe seu comentário

© Copyright UalBr 2020. Todos os direitos reservados.

Este Blog Utiliza o cookies para garantir que você tenha uma otima experiência. OK | Mais informações