SEXTA-FEIRA, 25 DE SETEMBRO DE 2020

Saiba Tudo Sobre Renda Fixa E Renda Variável Confira Tudo

Ao analisar os últimos meses, podemos ver uma grande campanha formada contra renda fixa. Isso porque diversos especialistas afirmam que a renda fixa tem obtido rentabilidade menor do que a da inflação. Além disso, afirmam que a única forma de conseguir uma rentabilidade maior é por meio de investimentos em renda variável, ou seja ações e imóveis no mercado. Desse modo, diversas pessoas tem se motivado a retirarem seu dinheiro dos investimentos de renda fixa para aplicar em renda variável. Entretanto, esse processo tem acontecido de forma desenfreada como se todos os tipos de investimentos de renda variável fossem a salvação para os problemas com a rentabilidade.

Contudo com a grande queda do preço de ações no último mês, os investimentos de renda variável estão longe de se tornar a solução na questão da rentabilidade. Assim, os investidores tanto de renda variável quanto de renda fixa estão cheios de dúvidas. Então, analisando toda situação, acreditamos que o melhor a se fazer é entende melhor sobre as características de cada um desses tipos de ativos financeiros presentes no mercado. Depois de feito isso, é possível realizar investimentos de acordo com cada propósito. Sendo assim, separamos nesse artigo diversas informações para que saiba tudo sobre renda fixa e renda variável.

 

Renta Fixa

Basicamente existem duas características que são muito importantes e merecem destaque quando o assunto é renda fixa. Primeiramente, é que esse tipo de investimento se trata de uma modalidade de empréstimo de dinheiro, sempre tem um vencimento determinado. Ou seja, uma hora ou hora o dinheiro que vou investido vai retornar para o bolso de quem o investiu. A segunda característica, é sobre seus rendimentos, porque independente do que aconteça a rentabilidade será a mesma.

Publicidade

Sendo assim, podemos definir esse tipo de investimento como objetivos de curto e médio prazo. Desse modo, a partir do instante que sabemos quanto e quando precisamos, basta determinar um ativo que tenha vencimento. Por fim, o recurso e somado a rentabilidade seja de acordo para que se consiga atingir o objetivo determinado. Entretanto, a renda fixa não é indicada para investimentos de longo prazo. Isso porque os investimentos de longo prazo não necessitam de um vencimento. Afinal quanto mais valores de capital ficar mias obterá rentabilidade. Porém, quando a rentabilidade trava em um investimento de longo prazo, faz com que o investidor perca oportunidades de melhora da economia, para realizar outros tipos de investimentos.

Investimentos de renda fixa a longo prazo

Vale lembrar que os investimentos de renda fixa, acabam se tornando um empecilho para as pessoas que desejam realizar investimentos a longo prazo e acumular um determinado patrimônio. Isso porque esse tipo de investimento está baseado apenas em uma promessa e não em uma real afirmação de rentabilidade. Por exemplo, quando você empresta dinheiro para uma pessoa, tem apenas a promessa que ela vai te pagar, mas não tem a certeza isso vai acontecer ou não depois de algum tempo.

Então, da mesma forma acontece com os investimentos de renda fixa. Sendo assim, a renda fixa não é indicada para quem deseja realizar investimentos a longo prazo ou quem deseja acumular um determinado patrimônio. Afinal é bastante complicado ter um patrimônio formado apenas por promessas, que podem ou não acontecer de fato.

 

Renda Variável

De modo geral, os investimentos em renda variável são aqueles investimentos em ações e imóveis. Além disso são considerados o melhor tipo de investimento para as pessoas que desejam investir a longo prazo. Sendo assim, trata-se de uma aquisição de diversos bens, ou seja, empresas e imóveis, e não apenas de promessas o que é bem diferente do citado anteriormente. Afinal, esses bens vão ser seus para sempre, apenas caso venda ou declare falência que eles não serão mais suas propriedades.

Porém, são considerados investimentos ruins para quem deseja investir a curto e médio prazo. Isso porque a sua remuneração depende muito do pagamento de alugueis, distribuição de dividendos e da atual situação econômica. Ou seja, pode ser que hoje seja uma boa opção de investimento e amanhã já não seja uma boa opção. Dessa maneira, as pessoas que estão atrás de investimentos de curto e médio prazo podem ter um risco maior de não alcançarem seus objetivos devido algum tipo de momento incerto sobre o mercado.

É importante ressaltar que uma das maiores dificuldades dessa modalidade de investimento é determinar um portifólio de investimentos. Então, com isso fazer com que cresça apenas e não diminua. Contudo, a grande verdade é que não existe um passo mágico para conseguir esse resultado. Mas, com analises e estudos complexos sobre empresas e imóveis podem ajudar a investir com mias certezas nessa modalidade.

Os investidores devem realizar uma série de perguntas para si mesmo, antes de se aprofundar em um investimento. Por exemplo, a empresa apresenta prejuízos, ou está endividada? O imóvel de investimento é vago? Além disso, é essencial ser cauteloso antes realizar algum investimento em renda variável.

 

Rentabilidade

Primeiramente, devemos deixar claro que a rentabilidade pode sofrer diversas alterações. Por exemplo, em 2011 a taxa Selic chegou á 12%, em 2013 chegou á 7,3%, em 2016 em 14% e atualmente está em 3,5%. Dessa forma, é bastante complicado determinar uma porcentagem exata para níveis de rentabilidade. Contudo, é possível obter um nível de rentabilidade boa para quem mantem hábitos de investir mensalmente, fazendo com que tenha uma carteira de médio período. Isso porque independentemente da taxa de rentabilidade o mesmo possui ativos.

Publicidade

Vale lembrar, que quanto maiores são os ganhos com rentabilidade maiores são os ricos. Isto é, os investidores gananciosos tendem a perder, pois são mais vulneráveis a sofrer riscos. Mas aqueles que entendem sobre o mercado possuem uma rentabilidade média e costumam correr das armadilhas.

 

Considerações finais

Por fim, agora que já sabe tudo sobre renda fixa e renda variável fica bem mais fácil determinar quais serão seus investimentos. Por isso não perca tempo, estude, analise e faça o melhor investimento. Mas lembre-se de investir sempre de acordo com seus propósitos.

Veja também:

Descubra Quais São Os Passos Para Organizar As Finanças Pessoais

Publicado em: 27 de abril de 2020

Relacionados

Deixe seu comentário

© Copyright UalBr 2020. Todos os direitos reservados.

Este Blog Utiliza o cookies para garantir que você tenha uma otima experiência. OK | Mais informações