DOMINGO, 20 DE SETEMBRO DE 2020

Hábitos Financeiros Que Não Devem Ser Passados Para Os Filhos

Publicidade

Com máxima certeza os filhos aprendem muito mais além do que ensinamos apenas em simples palavras. Sendo assim o comportamento financeiro é uma das melhores e maiores lições que os pais podem entregar a seus filhos. Dessa maneira é muito importante ter algumas cautelas com os filhos para que eles não aprendam hábitos negativos sobre as finanças. Por isso preparamos neste artigo algumas informações que aprenda quais são os hábitos financeiros que não devem ser passados aos filhos.

1- Não possuir nenhum orçamento 

Quando se faz gastos sem possuir nenhum tipo de orçamento, significa que você realiza compras por impulso, sem pensar muito. Então, se não mudar essa ação, provavelmente seus filhos vão desenvolver as mesmas atitudes. Ou seja, de forma automática eles vão desassociar as compras do real valor de custo. Sendo assim quando não se tem um orçamento, e ainda se realiza esse comportamento, com máxima certeza que seus filhos vão adotar as mesmas atitudes negativas.

2- Fazer muitas dívidas 

Hoje em dia é normal ver muitas famílias assumindo silenciosamente ser amigos das dívidas eu que fazem. Afinal já aceitaram que ficar endividados é algo comum, mas a verdade é que isso reflete diretamente nos filhos. Por isso os pais devem saber lida com as dívidas de forma saudável. Então não deixe as dívidas de hoje para pagar amanhã, às de amanhã para outro mês e assim por antes, pois podem gerar muitas dívidas e complicações em sua vida financeira.

Publicidade

3- “Se meu amigo tem, eu também preciso ter”

Sem dúvidas essa frase é muito comum entre todas as crianças, mas muitas vezes quem desenvolve isso são os próprios pais. Afinal assim como as crianças, existem muitos adultos que fazem base dos gastos nos gastos que estão sendo realizados por terceiros. Sendo assim faz com que os filhos façam suas escolhas apenas tendo como base as escolhas de outras crianças.

4- Usar os cartões de crédito como um estilo de vida 

Caso seja uma pessoa que usa constantemente os cartões de crédito para fazer compras em seu cotidiano, saiba que é uma ótima hora para começar a fazer uso apenas do dinheiro.  Isso porque com o uso do dinheiro, é possível ensinar aos filhos o preço verdadeiro dos itens, e que os cartões de crédito não possuem nenhuma mágica na hora de fazer pagamentos. Ainda que seja apenas uma lição visual, afirmamos que faz toda a diferença para educação financeira de seus filhos.

5- Nunca falar sobre dinheiro com os filhos 

Um erro comum entre os pais é nunca falarem sobre dinheiro com os próprios filhos. Mas as crianças devem ouvir falar sobre o assunto, e ainda devem saber sobre as responsabilidades financeiras adaptadas para sua própria idade. Ou seja, cuidar de uma mesada ou um dinheiro que ganha de alguém. Sendo assim é importante ter e ensinar as responsabilidades quanto ao uso do dinheiro.

6- Ter uma vida como se não houvesse dia de amanhã 

Certamente essa é uma das afirmações que boa parte das pessoas usam para alegar seus gastos para ter uma boa vida. Contudo isso pode ser uma fatalidade para sua família e a vida financeira de todos. Isso porque provavelmente o dia de amanhã chegará e se não estiver preparado pode ser desastroso tanto para seu bolso, quanto para sua família que não viu bons exemplos sobre as finanças.

7- Segredos Financeiros 

Existem alguns segredos financeiros que são muito perigosos para sua família. Então devem ser evitados os famosos “não conte para sua mãe”, “Não diaba nada a seu pai”. Afinal com essas ações os pais estão transmitindo aos filhos a ideia de que mentir sobre as finanças familiar é algo normal. Ou seja, ainda que tenham aprendido a não mentir, o exemplo dos pais vai refletir e uma hora vão acabar desenvolvendo as mesmas atitudes por acharem certo.

8- Acreditar que os hábitos sobre as finanças não conseguem afetar a saúde 

Ainda que muitos tentem negar, a nossa situação financeira, possui um grande impacto sobre a nossa saúde física, tanto em pontos positivos quanto em negativos. Dessa maneira você não pode acreditar que seus hábitos financeiros passam sem serem percebidos por seus filhos. Isso não é verdade, e eles são capazes de associar tudo. Então não acredita que sua saúde não possui ligação com suas finanças. Pois caso aconteça algo os filhos podem perceber facilmente essa ligação.

Publicidade

Conclusão 

Por fim, ainda que você ensine seus filhos com inúmeras palavras. Suas ações e atitudes são as que mais podem influenciar os filhos sobre suas vidas futuramente. Dessa maneira, busque demonstrar comportamentos financeiros adequados, para que seus filhos desenvolvam atitudes positivas no futuro.

Veja também:

Aprenda Algumas Lições Para Dar Bons Exemplos Financeiros

 

Publicado em: 30 de dezembro de 2019

Relacionados

Deixe seu comentário

© Copyright UalBr 2020. Todos os direitos reservados.

Este Blog Utiliza o cookies para garantir que você tenha uma otima experiência. OK | Mais informações